Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2014

Dia Do Abraço

Katherine acordou com seu habitual mal humor. Fez o café enquanto terminava de escovar o cabelo e vestir o moletom – tudo quase ao mesmo tempo - em seu ritmo alucinante de ai-meu-Deus-vou-chegar-atrasada.                 Engoliu o café para acordar de vez. Escovou os dentes. Amarrou o cabelo que só para não variar estava uma desgraça, já que por ter sido escovado as pressas resolvera armar – até ali nenhuma novidade, era apenas outro dia na vida entediante e pontual de Katherine.                 Saiu correndo do pequeno apartamento, precisava chegar ao ponto de ônibus em cinco minutos ou o perderia e então perderia a primeira aula na faculdade de direito. Obviamente daria tempo, sempre dava.                 Mas Katherine não esperava ver o que viu naquele dia. Havia uma multidão nas ruas, o trânsito parado, todo mundo com placas, cantando canções que não eram estranhas a ela. Porém em seu humor a fez pensar em algo como: “Ah sério? Manifestação? Que droga!”.        …

Nova Parceria com a autora: Amanda Marchi.

Olá gente, eu já tinha essa notícia há alguns dias, porém hoje eu recebi o livro (provavelmente ele chegou faz um tempinho, mas só vim hoje para o endereço de entrega) e gostaria de informar que estou muito feliz com essa parceria e vou começar a ler o livro hoje, então provavelmente até sexta que vem eu posto a resenha.
A Autora que o blog realizou parceria é Amanda Marchi e aqui vai um pouquinho sobre ela:






 Escritora, autora do livro A garota da casa grande e inúmeros contos, que podem ser lidos no meu blog. Escorpiana e Brasiliense que comemorará o vigésimo dia de seu nome em Outubro deste ano. Viciada em tatuagens e ruiva falsa. Fã de carteirinha de  As crônicas de Gelo e Fogo, Harry Potter, escritores russos e seriados médicos. Assim como de mangás e super heróis. Larguei o terceiro ano do ensino médio, acabei fazendo supletivo; larguei meus amigos e a família no Cerrado e vim para a cidade maravilhosa, acabei encontrando a garota da minha vida; larguei a faculdade de Letras por nã…

Aí vai um conselho

O fato é que você deve saber lidar com as coisas, não ser forte. E esse é o maior erro de todas as pessoas deprimidas, é falarem para si mesmas que devem ser fortes, que devem fingir que não ligam e que não sentem, sabe, não é assim que as coisas vão mudar, passar ou você vai conseguir para de se sentir mal por elas.                 Ser forte não te leva a lugar nenhum. Fingir que não sente só vai te trazer mais dor e culpa por continuar sentido. Colocar a porra de um sorriso no seu rosto não vai te fazer ser forte e não vai mudar merda nenhuma.                 E não me venha com “Mas você é uma garota forte”, sou porra nenhuma, eu sou uma garota complexada cheia de defeitos e que por muitos anos tentou ser “forte”, mas a verdade meus amigos é que não adianta, no final do dia, com as luzes apagadas, deitada na minha cama, quando todos estavam dormindo eu continuava chorando até não poder mais, continuava me perguntando “Quando tudo irá mudar?” e a resposta nunca chega…