Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2014

Parceria com o autor: Igor Quadros

Olá gente, olha só o que chegou hoje do correio: O Livro de Almas - Os Dois Herdeiros, do autor Igor Quadros.
O livro foi cedido para o autor para ser feita a resenha e para um sorteio, que nessa segunda feira (03/02) vocês terão mais informações.
O livro tem uma capa linda e a sinopse parece muito interessante, vamos conferir?

Sinopse:Por quase toda a sua vida, Jox viveu em um hospital psiquiátrico, com problemas que ninguém nunca conseguiu diagnosticar com clareza. Tudo muda quando ele retorna para a casa dos seus pais e tenta se readaptar ao mundo. No entanto, o que ele achava ser a chave para a compreensão de seu passado parece ser o princípio de um abismo ainda mais profundo. Enquanto isso, três pessoas com dons paranormais são obrigadas a enfrentar os seus maiores medos, voltando à realidade que sempre tentaram esconder: o juramento de uma antiga aliança, que os poderia levar à morte. Por trás da vida de todas essas pessoas existe uma conexão, um enigma que os une pela amizade e …

Tag Literária: 10 livros para ler em um dia.

Olá gente, vim novamente com uma Tag literária para vocês. Espero que gostem ;)











Resenhas dos livros citados:
O Oceano no Fim do Caminho
Cidades de Papel
Coisas Frágeis
Bento


Resenha do Livro: Bento

O que você faria se acordasse depois de vinte anos em um mundo tomado por vampiros? E o pior e se você descobrisse que você é a pessoa que todos estão esperando, pois você junto com outras 29 pessoas, será o responsável por 4 milagres que salvarão a humanidade de uma terrível praga? Bem, eu não sei a resposta, mas sei o que Lucas fez, pois eu li Bento. Bento é o primeiro livro da Saga o Vampiro Rei, primeiramente era para ser um livro único, mas tinha muito mais história para contar e seu autor, André Vianco, acabou escrevendo duas continuações, originalmente chamados de: O Vampiro-Rei vol 1 e vol 2, porém muitos leitores (eu estou na lista) acabavam lendo O Vampiro-Rei vol 1 sem antes ler Bento e acabavam ficando um pouco perdidos. Então para acabar com a confusão eles renomearam os livros, dando o nome de Saga O Vampiro Rei, sendo os livros chamados de: Bento, A Bruxa Tereza e Cantarzo. Bem, confusões a parte, depois de anos consegui comprar Bento. Olhe era um dos primeiros livros q…

Resenha do Livro: O Chamado do Cuco

Eu comprei o livro O Chamado do Cuco em pré-lançamento no Submarino sem saber que estava comprando sem o livro estar lançado. Só vi depois que paguei o boleto. Porém foi uns dois dias antes de lançar, o que fez o livro chegar em um prazo normal aqui em casa.  Acabei me enrolando para ler e então finalmente li. A primeira coisa que preciso dizer é que gostei muito mais de Morte Súbita (logo vou postar a resenha aqui no blog), apesar de que esse livro também é muito bom.  O Chamado do Cuco começa com a morte de uma modelo chamada Lula Laundry. Mostra a cobertura da morte e então tem um salto de tempo, indo para três meses depois da morte da modelo. Onde nos é apresentando Robin, uma garota recém chegada a Londres e que recém noivou com um rapaz. E Cormoran Strike, um detetive sem dinheiro que acabou de desatar seu noivado com uma moça complicada.  Bem, a história em si começa quando o irmão de Lula, John vai até o escritório do detetive e pede para que ele investigue o caso, pois tem ce…

Selo: Liebster Award

Olá gente, tudo bem com vocês?
Hoje vim responder uma TAG/selo, que o blog Imemoriavel me indicou. Obrigada pela indicação ^.^
Bem, vamos ao que deve ser feito:

Essa TAG/selo tem como função divulgar novos blogs, e tem 4 tarefas: Falar 11 coisas sobre você, responder 11 perguntas feitas pelo o blog que lhe indicou, indicar 11 blogs com menos de 200 seguidores e fazer 11 perguntas para os indicados.


11 coisas sobre mim:
1-Nasci no mesmo dia que a Coco Chanel.  2-Além de amar ler, eu amo escrever. 3-Não me sinto confortável emprestando livros, é como se a pessoa estivesse arrancando um pedaço de mim. 4-Minhas inspirações internacionais são: Neil Gaiman e J.K Rowling. 5-Minhas inspirações nacionais são: Renata Ventura, Carolina Munhoz, Raphael Draccon, André Vianco e Eduardo Spohr. 6-Sou fissurada em livros de fantasia e adoro escrever nesse gênero. 7-Meu atual sonho de consumo são as edições encadernadas com todos os volumes de Sandman do Neil Gaiman (sim, são HQ's)  8-Tenho alguns livros es…

Resenha do livro: O Oceano no Fim do Caminho

Bem, para começar eu ganhei o livro de natal. Acho que todo mundo aqui de casa já me escutou falar de quanto o Neil Gaiman escreve bem e de como ele é uma inspiração para mim e como Sandman é meu sonho de consumo... Então ganhei o livro. Primeiro, apesar da minha cunhada ter lido o livro antes do que eu, simplesmente não fazia a menor ideia do que se tratava, inclusive evitei ler resenhas. Na verdade eu leio mais resenhas de livros que eu já li do que de livros que eu pretendo ler... O que é algo muito bom, porque nas resenhas ás vezes você descobre que deixou alguma coisa passar. Mas em fim, vamos ao livro. Para começar O Oceano no Fim do Caminho não começou como um romance (livro com mais de 100 páginas). O Neil Gaiman é casado com Amanda Palmer, uma cantora, e no período que ele começou a escrever ela estava na Austrália fazendo o novo album de músicas, ele ficou com saudades e pensou: Vou fazer um conto para ela, para dizer que estou com saudades. Só que ele acabou escrevendo …

Dores de crescimento

Então é isso. É você sozinho com os ecos da sua mente berrando coisas que talvez você não precisasse ser lembrada, ao menos não naquele momento. É você fechando os olhos e abraçando forte as pernas, como se assim pudesse espantar a dor alucinante de ser abandonada, esquecida e substituída um número de vezes maior que os dedos das suas duas mãos juntas possuem. São
momentos. Nomes. Lembranças. Tudo em uma velocidade alucinante e destroçante. Então é isso que acontece quando você percebe que está crescendo? É isso que acontece quando o mundo não quer que você seja mais uma criança? É essa a dor por ter um mundo perfeito dentro de si e ver como o mundo aqui de fora pode machucar? É isso que acontece em madrugadas de dias nostálgicos? Lágrimas e dor? Então é isso? Poxa, se eu soubesse, por Deus, eu preferia ter ficado para sempre criança, onde eu podia acreditar em cartas de Hogwarts, portas de guarda roupa para Nárnia, buracos para a Terra das Maravilhas, e onde a minha maior dor era a…

Tag Literária: Livros Opostos.

Oi oi gente tudo bem? Aqui ao lado vocês podem analisar como uma pessoa pode ficar frustrada ao perceber no último minuto que não estava gravando o vídeo, e quando clicou em um botão tirou uma foto. Mas fora isso, deu um trabalho gravar esse vídeo, então de coração eu espero que vocês gostem!
Essa também é a postagem número 200 do blog ^.^ (Só por curiosidade mesmo hehehe =D )





E aqui estão as resenhas que têm no blog citadas no vídeo:
Cidades de Papel: http://bmpcarneiroescreve.blogspot.co...
A Arma Escarlate: http://bmpcarneiroescreve.blogspot.co...
Feérica: http://bmpcarneiroescreve.blogspot.co...
A Batalha do Apocalipse: http://bmpcarneiroescreve.blogspot.co...
A Guerra dos Tronos: http://bmpcarneiroescreve.blogspot.co...
Anna e o Beijo Francês:http://bmpcarneiroescreve.blogspot.co...

Resenha do Livro: Cidades de Papel.

Cidades de Papel é um livro de John Green que conta como foi as últimas semanas do Ensino Médio de Quentin Jacobsen. O que seria algo relativamente chato se não fosse o fato principal que conduz a história. O desaparecimento de Margo Rolth Spiegelman.  O que torna isso realmente relevante para Quentin não é só o fato deles terem sido amigos de infância, e a garota ser sua paixão desde sempre, mas ela ter escolhido aprontar um monte de coisas malucas (e engraçadas) durante a última noite dela por lá. E também, que sempre que desaparece (sim, não é a primeira vez que isso acontece) ela deixa pistas a serem seguidas, e aparentemente ela deixou-as para Quentin.  Deixe-me comentar uma coisa para vocês, o que me cativou no livro não foi o fato dele estar correndo atrás dela e nem ficando preocupado e blá blá blá, e sim o fato desse livro ser hilário. Os amigos do Quentin: Radar e Bem (principalmente o último) são muito engraçados. E os três juntos tem tiradas geniais.  Formando casais impro…

Desejos de ano novo...

Porque sempre que tem uma personagem feminina narrando na droga de um livro uma das primeiras coisas que a personagem se atribui é o dom de ser desastrada? Não sério, porque elas falam como se isso fosse uma exclusividade delas, mas caramba, então POR QUE DIABOS TODA PERSONAGEM SE ATRIBUI ISSO?
Aliás, se elas realmente são desastradas, no universo paralelo onde os personagens de livros habitam deve ter milhares de acidentes ocorrendo pelo simples fato de terem milhares de meninas sem o controle dos próprios pés.
Ou seja, ser desastrada se você for uma personagem é um clichê. E se você for uma menina real é algo muito comum e você não precisa mais se achar uma aberração. Mas afinal, por que diabos ser desastrada seria considerado uma aberração?
Porque todos querem meninas graciosas, certo? Vão pra puta com esses conceitos idiotas. Eles acham que e fácil andar com um salto 15 ou um all star? Não, não é. É muito fácil de virar o pé. Essas coisas são quase um pedido desesperado que v…