Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2013

12 livros que eu vou ler em 2014

Olá gente, tudo bem com vocês? Eu espero que sim.
Vim aqui desejar um feliz ano novo e deixar o vídeo que eu fiz, com a listinha (e os livros) que eu com certeza vou ler em 2014.
Um feliz ano novo, e muitos livros e leituras para vocês no ano que vem.
Beijinhos ;3
B.

Resenha do livro: A Arma Escarlate

Eu não lembro se primeiro entrei no grupo do facebook ou se li um comentário de algum post meu sobre Harry Potter em algum lugar falando da Renata, porém foi de uma dessas duas maneiras que eu conheci A Arma Escarlate. Um dos melhores livros nacionais que eu já li (eu sei, eu falo isso de praticamente todos os livros, mas cara, para quem é fã de Harry Potter esse livro é bom pra caramba!).
                Então, eu demorei algum tempo para adquirir meu exemplar, mas via o pessoal comentando no grupo sobre os personagens, e todo parecia amar tanto aquilo que eu fiquei: “Cara, eu preciso ler esse livro”. E aí veio a Black Friday. E aí eu comprei o livro. Ele chegou e quando eu fui ler... Bem, foram duas noites em claro e eu teria lido em uma só se eu não tivesse praticamente desmaiado de sono em cima do livro na primeira.                 Ok, mas afinal do que se trata o livro? Bem, a Renata Ventura (linda, maravilhosa, querida, ótimo exemplo, diva, querida, simpática, já falei queri…

Resenha do livro Feérica

A primeira coisa que eu gostaria de comentar sobre esse livro, e olha que tenho umas mil coisas para comentar (estou sendo dramática), é que pela primeira vez na vida uma autora conseguiu me fazer ficar com fome e vontade de comer alguma coisa enquanto lia um livro. Obrigada Carolina Munhóz por ter me feito bicha (expressão que usamos aqui no sul para expressar: vontade) com Frango Frito. Sério, aquela cena ficou sensacional, e me deu fome.                 Em fim, acabei de terminar Feérica (eu deveria estar dormindo, eu tenho vestibular da UFSC hoje, é, é três da manhã, mas tudo bem é só a tarde e a manhã é uma criança feita para dormir) e estou sentindo o meu mundo rodopiar e girar, porque essa história é muito mais do que parece ser.                 Quer dizer, a premissa de realit show e todas aquelas futilidades de Hogwarts, para uma garota tipo eu, parece algo: Tá, vai ser divertido, mas não vai ter nada demais no livro. E caramba, como eu estava engana em pensar assim.       …

Resenha do livro: Coisas Frágeis.

Eu devo confessar que só me interessei em ler esse autor porque o Raphael Draccon (Meu Deus, Carneiro, esse cara de novo? É, ele de novo) fez referência a ele em Fios de Prata- Reconstruindo Sandman (é por causa dos quadrinhos, do Sandman que são do autor que vou falar) e falou dele em alguma entrevista que eu assisti. Então, como eu me apaixonei pela narrativa do Draccon e ele falou que uma das suas influências eram o Neil Gaiman, eu fui atrás dos livros.                 Aí eu descobri que Coraline é um livro, e como amei aquele filme (que não deveria ser recomendado para crianças), acabei me exaltando e comprando alguns livros dele na Black Friday. Porém só chegou um, que é a coletânea de contos: Coisas Frágeis.                 E eu comecei a ler. E não parei até terminar, e aqui estou fazendo a resenha.                 O livro é publicado pela editora Conrad, tem 205 páginas, e é uma coletânea de nove contos de diferentes temáticas, que na verdade são histórias d…

Minha experiência no NaNoWriMo

Oi gente, tudo bem com vocês?
Eu estou ótima, ontem terminei meu romance no NaNoWriMo e ganhei essas imagens legais de vencedora (aêee palmas para a Bibi), e aqui estou, falando um pouquinho da experiência. Eu fiz um vídeo, espero que gostem, e  convido todos vocês a conhecerem melhor o projeto e participarem ano que vem!
Espero que gostem, deixe seus comentários e segue o blog!
Beijinhos!

Resenha: A Batalha do Apocalipse

A Batalha do Apocalipse é um livro incrível (que clichê começar a falar de um livro assim, mas o que eu posso fazer se amo clichês?), porque sim, oras... Não, não é porque sim, é porque pelas suas lindas e maravilhosas 586 páginas (a minha edição tem exatamente esse número de páginas, apesar de eu não ter lido todo o glossário) você fica tão vidrado na história, que não consegue parar de pensar nos personagens.                 Eduardo Spohr tem uma narrativa épica, do tipo que te faz ter a sensação de estar lendo histórias de heróis (e tecnicamente você está lendo), pois Ablon, que é o personagem principal, também conhecido como o Anjo Renegado, é o nosso herói, e ele tem tudo o que precisa para ser um. Toda aquela história de honra, preocupação com a humanidade, porém só usa seu poder em último caso, nega sua espada, é apaixonado pela (linda, poderosa, diva) feiticeira Shamira e não pode ficar com ela devido todas as intrigas que está envolvido.                 Peraí,…

Entrevista com a autora Renata Penka

Olá gente, estou dando sinal de vida (eba!!). Na verdade, eu já deveria ter feito esse post, porém essa semana foi bem corrida e acabei ficando sem tempo. Porém aqui estou. E hoje trago uma novidade muito legal.
                Na sexta-feira (8 de Novembro) teve o lançamento na Livrolar News, aqui em Caçador-SC, o lançamento do livro Entre Trovões, da autora Renata Penka e publicado pela editora InVerso.                 Estive presente no evento e conversei com a escritora, que é muito querida e ama História (assim como eu). E fiz uma entrevista (primeira de toda a minha vida), espero que gostem e conheçam melhor o novo livro dessa nova escritora, que está de parabéns pela obra e pela publicação. 
Conversa com a autora....Como veio a ideia de escrever o livro Entre Trovões?           Eu gosto muito de assistir filmes, ler, sempre desde pequena, mas nunca tive aquela coragem para colocar no papel as ideias. Aí eu pensei “tem que tentar para ver o que acontece, aí comec…

Tag Literária: Combina com Qual Livro?

A Tag foi criada pelo blog http://meninoironia.blogspot.com.br .                 Bem essa tag consiste em você escolher uma música e escolher três livros que para você tenham tudo a ver com a música. Como sou viciada em Rock vocês sabem que eu iria escolher uma música de rock, não é mesmo?                 Mas admito, a escolha foi difícil porque me passou na cabeça todas as músicas do Legião, do Capital, do Nirvana e do Foo Fightesr na cabeça (ok, nem todas que passaram foram deles e não eram todas as dessas bandas e tal.).                 Mas acabei escolhendo, uma música do Foo Fighters.

            Eu particularmente amo essa música, pela letra dela. Ela fala sobre um herói, no caso heróis, e apesar de ter que relacionar com a história do livro eu também relacionei aos autores. Vamos aos livros.
O Primeiro livro que eu escolhi, pensei imediatamente escutando a música foi em Harry Potter e as Relíquias da Morte, primeiro por ser o último livro de uma saga que marcou a minha vida, se…

Mentiras que machucam, verdades que assombram

Existem mentiras que machucam. Machucam mesmo. E verdades que assombram. E existem bocas que contam mentiras que machucam, verdades que assombram e segredos que deveriam ser levados junto ao túmulo, ou ao menos guardados no fundo de uma gaveta que se perca a chave.           Existem amigos que vão sempre estar lá, e contar as verdades de uma maneira menos dolorosa, e que mentiras, só sairão da boca deles quando extremamente necessário. Porém existem aqueles que não merecem o título de amigos, que mentem descaradamente, que espalham verdades que são segredos e que não sabem ser amigos.        E no baile da vida, passando por salões escuros, ou por salões animados e cheios de gente, haverá amigos, haverá falsos amigos, existirão mentiras, existirão verdades. Existirá medo e insegurança. Existirão pedras no caminho e monstros disfarçados de pessoas tentando te impedir de passar para o próximo salão, ou para a próxima escada, ou até mesmo para fora de castelos de areia.         …

Internet Ruim e Nescafé

A internet ruim é algo irritante. Só cai e mal funciona, causando um mau humor danado para quem usa, e digo mau humor para os controlados, porque para os impacientes explosivos (como eu) passam raiva e acabam por se irritar e descontar em quem estiver por perto.
                O problema da internet que não funciona como deveria, é que ela nos engana, nos ilude e nos usa, deixando-nos ainda mais na frente do computador, para que por algum motivo continuemos a passar nosso tempo passando raiva e o gastando em algo que por não funcionar como deveria, é quase como não fazer nada.                 E também é assim o nescafé, ele deveria ser café, mas não é. Não tem o mesmo gosto, e deveria ter, ou assim, você é iludido a pensar. Mas o gosto é diferente, e para alguém que aprecia o bom café, entende o que estou tentando falar (ou não, minha mãe ama café e também ama nescafé... Acho que a culpa disso é por ela ser de gêmeos... Não que eu acredite em signos...).                 E por que es…

Feliz dia (nacional) do livro *-*

Feliz dia do livro (sendo postado quase no dia 30, mas tudo bem).                 Hoje é o dia nacional do livro e em comemoração eu resolvi (de última hora) fazer alguma coisa em homenagem, eu pensei: Eu devia postar uma resenha. Então lembrei que ainda não terminei A Batalha do Apocalipse do Eduardo Spohr (e que eu não aguento mais não ter tempo de ler, porque eu preciso terminar essa história e fazer uma resenha). E aí minhas ideias se foram e aqui estou divagando sobre algo que ainda não sei o que é. Mas como sou ótima em escrever bobagens, cá estou.                 O que eu poderia falar sobre livros? De como sou grata por eles e os mundos traduzidos em letras e em papel (ou até na tela do computador, para quem lê os livros em PDF) e que estão lá quando eu mais preciso sair da realidade por algum tempo. De como sou grata por existirem autores tão maravilhosos que escrevem histórias, que além de fantasia, tornam-se realidade, não pelos personagens, mas pela mensagem que traz, pela…

Tag Literária: Hambúrguer literário (book Burguer)

Oi leitores e leitoras,
Hoje eu tentei algo diferente. Procrastinando pra não estudar pra prova de matemática, resolvi gravar um vídeo com uma tag literária. algo que eu nunca tinha feito. Então espero que tenha ficado legal. Assistam, comentem, curtam soltem foguetes, façam fogueirs (?), tá já parei de alucinar aqui.
Espero mesmo que gostem.


Beijinhos ;3

Resenha (Comentário) Sobre Dragões de Éter

Oi pessoal, eu sei que andei sumida, mas voltei. Ainda estou viva!
Espero que gostem da resenha. Eu fiz ela ontem de madrugada. Então ignorem erros de português ou concordância ou repetições.
Espero que gostem :3
           Estou aqui em uma madrugada quente do dia 15 de Outubro (dia dos professores, parabéns professores), para falar de uma Trilogia que acabou de me colocar em depressão pós-término de livro. Ainda estou digerindo o final e decidindo se esgano o autor ou dou um abraço daqueles fortes e agradeço do fundo do coração por ter escrito a série de livros.                 Bem, (como vocês já sabem por culpa do título) eu estou falando da Trilogia Dragões de Éter, escrita por Raphael Draccon e publicada pela editora Leya. Sem dúvida alguma uma das melhores (se não a melhor) Trilogia que já li.                 Antes de eu começar a dar piti e falar de quanto o Raphael Draccon é um escritor maravilhoso, divo e essas coisas que garotas costumam falar, e mesmo que eu seja uma daque…